Começam as gravações da primeira série de ficção do Tocantins

Primeira série de ficção do Tocantins, a produção “O Boneco de Barro e o Rei” iniciou as gravações neste mês. Roteirizada e dirigida pelo ator tocantinense Nival Correia, a obra conta com um elenco de cerca de 40 atores, todos artistas regionais. Com 26 episódios de 13 minutos cada, a série infanto-juvenil será rodada nos estúdios da BR153 e Alento, chácaras do entorno de Palmas e no Parque Estadual do Jalapão, em Tocantins.

A produção da Spatium Arte e Cultura será distribuída nos 215 canais da EBC – Empresa Brasileira de Comunicação, por meio da Chamada Pública da Linha de Produção de Conteúdos destinados às TVs Públicas (Chamada Pública BRDE/FSA PRODAV).

Na saga, o artesão viúvo Mestre Toá molda um boneco com argila e lágrimas e foge de sua província. Nos primeiros raios do sol, o Boneco de Barro cria vida e sai numa jornada buscando algumas respostas – Por que não sou como as outras pessoas? Por que me tratam com tanta indiferença? O Boneco encontra nas províncias do Reino, vários personagens que também precisam de respostas.

A série tem um enredo baseado no folclore e tradições brasileiras e é inspirado no romance “As Aventuras de Pinóquio” (1883). De acordo com o diretor, Nival Correia, trata-se de uma saga de interior, uma fábula social e contemporânea, escrita a partir das memórias de sua infância com o cordel.

A equipe de direção, técnica e produção da série conta com renomados profissionais na área do audiovisual no país, como os assistentes de direção Von Gabriel e Nara Marinho, a diretora de arte Raiza Antunes, o cenógrafo/cenotécnico Thiago Ferreira, o produtor executivo Emerson Rodrigues, a figurinista Isadora Robas e a maquiadora Rosana Antunes, dentre outros nomes de uma equipe de mais de 40 pessoas, que conta também com profissionais da produção local, como o diretor de fotografia, Márcio Mazaron.

A equipe total do projeto é composta por cerca de 80 profissionais e foram priorizados artistas das quadrilhas juninas de Palmas, como artesões, coreógrafos e dançarinos.

Além da Chamada Pública BRDE/FSA PRODAV 08/2015, o projeto tem apoio da Superintendência Municipal de Igualdade Racial e da BR153 Imagens.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>