A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram nesta sexta-feira, 11 de agosto, a ata com o resultado final da habilitação das propostas inscritas no edital de coprodução Brasil-Portugal 2017, lançado em parceria da ANCINE com o ICA-IP - Instituto do Cinema e do Audiovisual, de Portugal.

A Chamada Pública PRODECINE 08/2017 – Coprodução Portugal-Brasil recebeu dois recursos, apresentados pelas empresas Big Bonsai Brasilis Produções Artísticas (projeto “Brisa solar”) e Imagem-Tempo Produções Cinematográficas (projeto “Marcinho VP”), sobre os quais a Comissão de Recursos decidiu pelo não provimento e pela manutenção das decisões de inabilitação.

Com a decisão sobre os recursos, a ata apresenta o resultado final da fase de habilitação, mantendo o número de cinco projetos habilitados, que passam agora à fase de seleção.

A Chamada Pública PRODECINE 08/2017 – Coprodução Portugal-Brasil vai selecionar dois projetos de longa-metragem de ficção, documentário ou animação apresentados por empresas produtoras brasileiras que participem dos projetos na qualidade de coprodutoras minoritárias, visando à contratação de operações financeiras pelo Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), exclusivamente, na forma de investimento, no valor de US$ 150 mil cada.

O mesmo valor será investido pelo ICA-IP em dois projetos apresentados por coprodutores minoritários portugueses em concurso realizado em Portugal, nos mesmos moldes.

Clique aqui para acessar a página da Chamada Pública PRODECINE 08/2017 – Coprodução Portugal-Brasil.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>