O Governo de Minas Gerais lançou o edital Olhar Independente, uma iniciativa do Programa de Desenvolvimento do Audiovisual Mineiro (Prodam). O concurso irá selecionar 24 propostas de obras seriadas e não-seriadas, que poderão receber, ao todo, R$ 17 milhões, por meio do pré-licenciamento das produções para exibição na emissora pública e da captação de recursos junto à Ancine. As inscrições se estendem até 7 de abril. Os proponentes devem acessar o site www.codemig.com.br/licitacoes.

Construída com total interface com a sociedade, a iniciativa visa fomentar o setor audiovisual e reforçar a programação da Rede Minas. A iniciativa envolve a Secretaria de Estado da Cultura e conta com recursos da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Agência Nacional do Cinema (Ancine), por meio do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA.

Podem ser inscritas produções inéditas e não finalizadas nas categorias de obra seriada e não seriada de ficção, animação e documentário. As produções devem ser realizadas prioritariamente por profissionais mineiros, com a maior parte das gravações feitas no Estado. Os projetos devem ser apresentados por pessoa jurídica sediada em Minas Gerais e registrada na Ancine como produtora independente.

Os projetos selecionados irão firmar contrato para receber da Codemig valor correspondente ao pré-licenciamento dos direitos de exibição da obra na Rede Minas. Esse pré-licenciamento permitirá aos produtores pleitear recursos do Fundo Setorial Audiovisual por meio das linhas de financiamento do Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Indústria Audiovisual (Prodav).

O valor investido pela Codemig para o pré-licenciamento das obras será de R$ 928 mil, e os projetos selecionados poderão receber da Ancine investimento total de até R$ 17 milhões, sendo R$ 7 milhões requeridos pelas próprias produtoras, por meio da linha Prodav 01, e quase R$ 10 milhões pleiteados pela Rede Minas, na linha Prodav 02.

Outro edital em parceria entre a Codemig e a Ancine está com inscrições abertas até o dia 9 de março. O concurso vai investir 5 milhões na produção ou finalização de seis longas-metragens nas categorias ficção, animação e documentário.

E um terceiro edital da Codemig para desenvolvimento de roteiros está agora na fase de julgamento das propostas. Foram inscritos 124 projetos de longas-metragens e 92 de série para televisão. Das 216 propostas, serão selecionadas 16, que receberão investimento total de R$ 1,5 milhão. A previsão de divulgação do resultado é para a segunda quinzena de março.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>