Canal Curta! estreia série sobre a influência de judeus na cultura nacional
Jacó Guinsburg

O legado e a contribuição de personalidades judias no Brasil, em diferentes áreas de atuação, compõem a nova série inédita e exclusiva do canal Curta!, “Mish Mash – A Presença Judaica no Brasil”. Produzida pela Pacto Audiovisual, com direção de Tatiana Toffoli, Liana Schnaider e Pedro Gorski, “Mish Mash” estreia dia 14 de abril, às 23h30, na Sexta da Sociedade do canal. A cada semana, durante 10 episódios, dois perfis de profissionais expoentes discutem a presença judaica no país em campos da música, das artes, da literatura, da história, da psicanálise, da gastronomia, da educação, do teatro, da arquitetura e da ciência. Além do tema, cada convidado aborda suas origens e suas histórias familiares, e reflete sobre o que representa a identidade judaica. A produção é financiada pelo Fundo Setorial do Audiovisual, através do PRODAV 02/2013.

A literatura é o tema do primeiro episódio da série. Nele, a escritora Noemi Jaffe, filha de judeus originários da Iugoslávia, resgata a história de sua família, que sobreviveu aos horrores da guerra. O holocausto está presente em sua produção literária e, para Noemi, “a pátria do judeu é o livro”. Outro personagem é Jacó Guinsburg, dono da editora Perspectiva, que recorda a infância no Bom Retiro e aborda seu envolvimento com política, o papel da literatura na sua vida, e como sua carreira de crítico, professor e editor tem contribuído para a preservação da cultura judaica e a difusão, no Brasil, de obras fundamentais e de vanguarda.

No capítulo sobre teatro, o ator paulistano Caco Ciocler, que atua também no cinema e na televisão, estará ao lado do também ator Germano Haiut, nascido em Recife. Atores de diferentes lugares do Brasil e de gerações distintas, ambos descobriram a vocação para o teatro a partir de grupos da comunidade judaica. Na área das artes, uma das entrevistadas convidada é a bailarina, diretora e coreógrafa Deborah Colker, reconhecida internacionalmente por seu trabalho. Colker reflete sobre a contribuição das mulheres de origem judaica para as diferentes áreas da arte brasileira. A outra personagem é a artista visual Anna Bella Geiger.

O programa dedicado à educação trará dois intelectuais que resgatam a trajetória de seus familiares imigrantes: Arnaldo Niskier e Eva Blay. O público vai poder conhecer um pouco da vida de Niskier, escritor, jornalista, professor e integrante da Academia Brasileira de Letras; e da ex-senadora Eva Blay, reconhecida socióloga e feminista e fundadora da primeira Delegacia de Defesa da Mulher no Brasil.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>