Trailers TV Revista de Cinema — 07 junho 2017
Animal Político

Uma vida confortável numa grande cidade, com família e amigos queridos, uma rotina de compras, restaurantes e academia, até que, às vésperas do Natal, um vazio toma conta e a vida passa a não fazer sentido. Esse mote pode ser mais do que um roteiro de um filme, como também um resumo da vida de muita gente. Mas o que é bem mais inusitado nessa história é que a crise em questão é vivida por uma vaca, a protagonista do filme Animal Político, de Tião, distribuído pelo Projeto Sessão Vitrine Petrobrás, que estreia ​nesta quinta-feira, dia 8 de junho, em Rio Branco (Cine Teatro Recreio), Maceió (Cine Arte Pajuçara), Fortaleza (Cinema do Dragão), Brasília (Cine Brasília e Espaço Itaú de Cinema Brasília), Vitória (Cine Metrópolis), Goiânia (Cine Cultura Goiânia), São Luís (Cine Praia Grande), João Pessoa (Cine Banguê e Cinespaço Mag Shopping), Recife (Cine São Luís), Teresina (Cine Teresina), Curitiba (Cineplex Batel, Cinemateca de Curitiba e Espaço Itaú de Cinema Curitiba), Niterói (Cine Arte UFF), Rio de Janeiro (Espaço Itaú de Cinema Botafogo), Porto Alegre (Cine Bancários e Espaço Itaú de Cinema Porto Alegre), Aracaju (Cine Vitória), São Paulo (Espaço Itaú de Cinema Augusta e Caixa Belas Artes), Palmas (Cine Cultura Palmas), Salvador (Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha), Belo Horizonte (Cinema Belas Artes), Santos (Cinespaço Miramar) e Belém (Cine Líbero Luxardo).​

O filme bem-humorado e irônico é o primeiro longa-metragem do diretor pernambucano, que já foi premiado na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes pelos curtas “Muro“ (de 2008) e “Sem Coração“ (de 2014).

Rodado entre 2010 e 2013, em Pernambuco e na Paraíba, o filme traz a vaca como uma representação da humanidade, da sua necessidade material e de estar cercada de pessoas e, ao mesmo tempo, o sentimento de solidão e infelicidade que a cerda.

Além de Cerveja, o nome real da vaca protagonista, o filme contou com trabalho fundamental do elenco, que deu “voz“ aos personagens. Entre eles, o ator Rodrigo Bolzan, que foi o responsável por “dar vida“ aos pensamentos do animal.

Animal Político ganhou o Prêmio especial do Júri do Festival Internacional du Film Indépendent de Bordeaux e o Prêmio revelação no festival luso-brasileiro de Santa Maria da Feira, além de ter sido exibido em diversos festivais: 19ª Mostra de Cinema de Tiradentes (Mostra Aurora, 2016), IX Janela Internacional de Cinema do Recife (Sessões especiais, 2016), Festival de Rotterdam (2016), Torino International Film Festival, Durban International Film Festival, Jeonju International Film Festival e Transilvania International Film Festival.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>