Trailers TV Revista de Cinema — 17 abril 2017
Joaquim

Século XVIII. A colônia dos Brasis, parte do Império Português, enfrenta um declínio na produção de ouro. Uma minoria portuguesa governa, de forma autoritária e corrupta, uma sociedade composta, em sua maioria, por escravos africanos, indígenas e mestiços. Joaquim é um militar de destaque na captura de contrabandistas de ouro. Ele espera que sua dedicação seja recompensada com uma patente de tenente para que possa comprar a liberdade da escrava Preta, por quem é apaixonado. A promoção nunca chega, ele se desespera. Neste momento, Joaquim é designado para uma arriscada missão: encontrar novas minas de ouro no temido Sertão Proibido. Cumpri-la será a única forma de conseguir sua promoção e a liberdade de sua amada.

O longa-metragem Joaquim é uma ficção que acompanha o processo de transformação do homem comum no rebelde anticolonialista e nos convida a fazer uma reflexão sobre nós mesmos, sobre o passado histórico do Brasil, da América Latina e do mundo em geral, para entendermos melhor os dias atuais.

O diretor Marcelo Gomes, que assina também o roteiro do filme, mescla situações fictícias com relatos históricos para retratar a vida de um brasileiro comum, com um caráter verdadeiramente humano: seus defeitos, contradições, medos e ambiguidades. A narrativa do filme está centrada num determinado momento da vida de Tiradentes: quando ele, a serviço da coroa portuguesa, realiza viagens pelas precárias, lamacentas e perigosas estradas de Minas a procura de contrabandistas de ouro. É nesse período que surgem as primeiras cidades do interior do Brasil, já com as profundas fraturas sociais que há mais de 400 anos fazem parte da história do país.

Rodado na região de Diamantina (MG), Joaquim traz no elenco Julio Machado, Isabél Zuaa, Nuno Lopes, Rômulo Braga e Welker Bungué.

Joaquim é uma coprodução luso-brasileira, realizada pela REC Produtores e Ukbar Filmes, em associação com a Wanda Films da Espanha, e foi o único filme brasileiro a participar da competição oficial do Festival de Berlim 2017.

A produção foi financiada através do patrocínio da Petrobras (Programa Petrobras Cultural) e do incentivo do Funcultura/Governo de Pernambuco, Ibermedia e Fundo Setorial do Audiovisual.

O longa estreia nos cinemas no dia 20 de abril, com distribuição da Imovision.

Leia matéria sobre o filme, publicada na Revista de CINEMA.

Relacionados

Compartilhe

(0) Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>